sábado, 23 de janeiro de 2016

REDE DE INTRIGAS


Low Country Liar
Janet Dailey
Coleção Julia, nº 79
Série
Romances Editora Abril, 1978



O TEMA QUE O LIVRO ABORDA É DISFARCE


Ô livrinho bom!
Muito legal mesmo. Fácil leitura, leve e agradável.
 A tia dela Mitzi é apaixonante. Esse livro é para quem não se detém a detalhes, como a mocinha se disfarçar e o mocinho não perceber que se trata da mesma pessoa, rsrsrsrs.
Para nós sonhadoras, sendo um bom romance, deixamos nos levar pela magia, e pela história, não muito real. Pois esse é o único ponto fraco do livro. O livro de resto é maravilhoso, muito bom. Gostei bastante do mocinho. O livro é apaixonante.

Leiam!!!!!!!!!!!!!





RESUMO DO LIVRO

Lisa chegou aos Estados Unidos disposta a tudo para desmascarar Slade Blackwell, o homem que estava se aproveitando da confiança da sua tia Mitzi. uma velha rica e solitária. Alguém tinha que fazer alguma coisa para livrar a velhinha das garras daquele ladrão! E foi assim que Lisa começou a viver duas vidas: à noite era a loura sobrinha de Mitzi; durante o dia, era a nova secretária de Slade, usando um nome tão falso quanto sua peruca ruiva. Até descobrir que, em todo aquele emaranhado de mentiras, só havia uma única e deseperada verdade: estava irremediavelmente apaixonada por Slade, um homem sem caráter!


TRECHO DO LIVRO





"Aproximando-se da casa da tia, Lisa tirou a peruca ruiva e soltou o cabelo loiro, penteando-se com cuidado.
Férias. . . Seus braços e ombros doíam, pois nunca na vida ficara tanto tempo batendo à máquina. Se ser secretária era mesmo aquilo, ia arranjar um aumento para
Donna, sua secretária na televisão, assim que voltasse a Baltimore.
Avistou um carro logo atrás de seu táxi. Pensou que fosse Slade e gelou da cabeça aos pés. Antes de sair do escritório, ouvira-o dizer a Drew que ia para a casa
de Mitzi direto do serviço. Para seu alívio, quando o carro passou por ela, verificou que era um homem de uns sessenta anos, um pouco careca.
O trânsito estava ruim. Lisa ficava aflita sempre que o táxi parava. Tinha que chegar antes de Slade, ou todos os seus planos estariam arruinados. Só respirou aliviada
quando chegou à porta da casa. Planejava ir imediatamente para o quarto e trocar de roupa, mas encontrou Mitzi logo na entrada.
— Puxa, até que enfim você voltou, sã e salva! — a tia falou, sorrindo, mas logo seu rosto assumiu ares de preocupação. — Parece exausta, o que houve?
— Foi um dia cansativo. — Seus músculos doíam, não havia como disfarçar a fadiga.
— Se eu soubesse que já se desgastar tanto no primeiro dia aqui, teria convidado Slade para jantar amanhã. Mas agora é tarde. Ele chegará dentro de alguns minutos.
— É melhor eu subir e trocar de roupa, então.
— Não é preciso. Pelo que posso notar, é melhor você sentar numa dessas poltronas, pôr os pés num banquinho alto e tomar um aperitivo para relaxar. — A sugestão
era tentadora, mas Lisa não podia aceitar. — Além disso, Lisa, essa roupa é muito bonita. Não precisa ir se trocar.
Mas aquele era exatamente o problema: precisava mudar de roupa, e logo! Slade Blackwell a vira com ela o dia todo.
— Acho que preferia tomar um banho e me refrescar. Eu seria uma nova pessoa depois. — Espero, completou, em pensamento.
— Faça o que achar melhor, meu bem.
— Se o sr. Blackwell chegar antes de eu descer, peça desculpas pelo meu atraso, está bem? — Subiu alguns degraus, parou e disse:
— Fiquei sabendo que o trânsito para o lado do centro está terrível!
— Sim, eu sei, é sempre assim a essa hora. Slade costuma vir a pé: o escritório dele não é muito longe.
A idéia de que ele esteve a pouca distância dela, no caminho, a fez estremecer. Assim que entrou no quarto, ouviu a porta da entrada ser aberta.
Foi direto ao banheiro. Adoraria tomar um banho, mas não havia tempo. Lavou simplesmente o rosto com água fria, para tirar os sinais de cansaço. Depois, colocou
um vestido azul-claro de corte simples, que acentuava as belas curvas de seu corpo. Ficou com uma aparência suave, pequena e frágil, bem ao contrário da roupa atrevida
que usara durante o dia."

VOCÊ ENCONTRA O LIVRO AQUI:http://amoraosromances.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Sou fã dos livros da Janet Dailey, fiquei curiosa para ler e gosto de um romance ingênuo sem grandes dramas.

    ResponderExcluir



Meninas,

Aqui no blog, não tem dona da verdade. Como diz o título do blog, PONTO DE VISTA - LIVROS. Pois cada uma tem seu ponto de vista. Hoje temos 3 comentaristas, eu gostaria que tivesse mais, sabe por quê? Pois cada uma tem um ponto de vista diferente, e cada leitora vai se identificar com a comentarista que tem o ponto de vista parecido com o seu.


GOSTARIA QUE PARTICIPASSEM, COMENTANDO OS LIVROS. QUE NÃO FICASSE UM MONÓLOGO.

QUEM QUISER PARTICIPAR COMO COMENTARISTA, FALAR COMIGO NO
amoraosromances2@gmail.com